domingo, 7 de dezembro de 2014

pause

Vou fazer uma pausa no blog.
estou a precisar de um tempo para mim, para pensar e refazer algumas coisas.

Como já perceberam pelos meus posts recentes a minha vida anda uma confusão.  Preciso mesmo de a resolver.

Além disso não andava a ter os resultados que pretendia com o blog. Poucas visualizações e poucos comentários...

E com as frequências a aproximarem se preciso mesmo de me concentrar.

Dito isto,  fica um até já ♥

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

nostalgia

Saudades da minha maninha.
De ser acordada por ela.


Odeio ter que dormir num quarto sozinha.

Só quem está longe dá calor a estas coisas.


Mudando um pouco de assunto. ..
Porque raio é que o meu coração parecia um tambor acelerado quando te vi hoje (verdade que já não nos víamos há 2 semanas).


Hoje foi um dia de sentir saudades e de matar saudades.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Tenho tido uma sorte

Sabem aquela sensação de ter imensas coisas para fazer e nunca ter muito tempo nem vontade para estudar e mesmo assim estão com as cadeiras mais difíceis meias feitas... pois é o que me tem acontecido.


Tirando a parte em que me estou a ver aflita para fazer umas das mais fáceis.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Recordações

OMD, é tão estranho ver coisas antigas.

Por exemplo, os meus posts antigos do blog. Às vezes penso "como é que consegui escrever aquilo" ou então "wow, isto foi mesmo escrito por mim".

Depois ajudam-me a lembrar coisas que preferia nem me lembrar xd.


Mas melhor é ver fotos antigas dos nossos conhecidos/amigos.
Encontramos cada pérola kkkk

terça-feira, 25 de novembro de 2014

first step

Ok, já entendi que me querem juntar a um do meu curso.

Eu adoro-o e acho-o muito querido,mas porque é que tenho que ser eu dar o 1º passo?


"pede-lhe apontamentos de economia ou isso"
(mas não percebem que me custa dar o 1º passo hehe)



sábado, 22 de novembro de 2014

Vício

Hey,

Como é que estás? Tira esse ar de desprezo
Eu vi-te a olhar para mim eu nem olhei estou ileso, foste tu
Miúda não mintas. Mas também não foste a única por isso acredita
O que é que eu quero? Nada que não queiras.
Hoje sou só eu e tu de qualquer das maneiras
E não olhes para o lado com esse ar superior
Com a mania que és difícil quando queres é calor.
Não sejas cínica e negues que a nossa química impede
Que isto seja mais do que breve, quando tu és tímida e queres
E eu não olho para mais ninguém, esta noite estou cego
E eu penso cá para mim 'ai, ai se eu te pego'
E eu não nego nem renego a atitude galã
Se te posso ter hoje porquê esperar por amanhã?
Então tu sabes ou ficas já a saber, se esta noite quiseres
Já somos dois a querer

Ref:

Eu já olhei e ela Quer Quer Quer
Até já disse à amiga eu faço o que ele quiser
Eu não pensei, não tirei o olhar, não hesitei
Tirei-te o fôlego num segundo como só eu sei

E se tu pensas não vai Dar Dar Dar
Eu estou aqui para isso mesmo, eu vou-te mostrar.
Que não importa, neste mundo hoje somos dois
E as tuas hesitações que fiquem para depois



Eu sou a única que anda a ficar viciada nos D.A.M.A.
Eu sei que a letra pode ser um pouco, vá, daquelas "parece que foi escrita por um miúdo" mas é tão vociante

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Expliquem-me porque é que só ouço disto


Time is precious and it's slipping away
And I've been waiting for you all of my life
Nobody wants to be lonely so why? (why?)
Why don't you let me love you?


Why does it feel like I'm living through you
Tell me why I'm addicted to you
'Cause I don't even know



So since you want to be with me
You'll have to follow through
With every word you say
And I, all I really want is you
For you to stick around
I'll see you everyday
But you have to follow through
You have to follow through


Que tédio de dia xd
Preciso que as frequências acabem, tipo: JÁ!








terça-feira, 18 de novembro de 2014

Carinho...

Preciso mesmo de um abraço, daqueles apertados.
Tenho saudades das praxes, pois era lá que convivíamos mais.
Tenho saudades de dançar de madrugada agarrada a "ele". Agora, graças às frequências, nem sequer temos falada.
Tenho saudades de rir, de me meter com ele... personalidades iguais é nisto que dá.


A única coisa de que preciso é de um abraço, especialmente se vier das pessoas certas.
Ou uma carta.
Qualquer demonstração de carinho serve. O que preciso é de sentir que se preocupam comigo (que eu sei que sim).
Mas as saudades são tantas...

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

avançar e despachar

Sabem aquela sensação de estarem a falar com uma pessoa e acharem que ela está a ser atiradiça?

E aqueles nervos que se sente antes de falar com a pessoa por quem se tem um fraquinho pois nunca se sabe bem como é que se há de começar a conversa?

Ou aquela sensação de conforto sempre que uma pessoa está por perto? Pode não dizer nada, mas a sua presença já nos mete confortável.


Para vocês, qual é a mais comum? Ou a que gostam mais de sentir? Desabafem xd

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

1+3= problemas

Antes da minha frequência de ontem, um doutor avisa-me que o rapaz por quem estou a ficar interessada lhe tinha mandado uma mensagem a perguntar como é que eu estava. E perguntou-me se queria o número dele, mas também me disse que não mo daria, pois tinha que ser ele a dar-mo. E que tinha que o fazer sofrer, pois ele não gostava das coisas dadas.


Mudando de personagem, um rapaz que namora há 4 anos e que já não falava comigo há uns dias, lembrou-se que eu existia. Como tal, disse que tinha ido para a net de propósito para a net aquela hora pois era a hora que eu costumava responder, que tinha saudades minhas e que queria voltar a falar comigo. (tipo, cuida-te xd)


Depois, ainda encontrei o meu padrinho. E fiquei a saber que ele tinha um fetiche por mim.


Agora podem pensar o que quiserem, mas:

  1. Eu não quero ter nada com o que namora. Já me magoou muito e só lhe quero dar uma lição (pois ele não sabe que eu sei que ele namora)
  2. O outro é o meu padrinho. Os amigo dele adoram-me pois estou sempre a dar-lhe para trás. Mas, eu adoro-o, no entanto, ele é um mulherengo do pior.
  3. O rapaz por quem eu estou a ficar interessada pode ser inteligente, simpático, divertido, compreensivo, bonito e tudo o resto, como ainda é o presidente do meu curso (apesar de não ser por isso que eu estou interessada nele)

Agora, prepara-te, pois vais sofrer hehe (mas no bom sentido, pois ele é mesmo querido <3)

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Estou tão feliz ^-^

Não é isso que estão a pensar. Não arranjei namorado nem nada disso (ele é lindo, mas dpois da noite na disco e na semana do caloiro, ainda mal estive com ele).

Mudando de assunto:
Simplesmente ainda não acredito que as minhas histórias sejam assim tão boas. Só tenho recebido boas críticas. Logo eu que no início estava com medo de as publicar.

Não sei se tenho assim tanto talento, mas enquanto ela está a "ter fama", vou aproveitá-la.

Caso queiram ler a história que estou a publicar fica aqui o link:http://www.wattpad.com/53955660-fragilidades-do-cora%C3%A7%C3%A3o

Aceito críticas construtivas. Agradecia que lessem (ps: a história ainda está curta, por isso l~e-se num instante :P)

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Fragilidades do coração (cast)

Todos os autores devem-se orgulhar das suas obras. Partilhei aqui uma delas, mas houve outra que acabou por me surpreender. Teve imensos leitores no wattpad.


Como tal, decidi fazer o cast ideal. Não me baseei nestas pessoas, mas achei.os semelhantes fisicamente com as pessoas que criei (também podem sugerir outras, pois há algumas que ainda não encontrei a "tal" que me agrade a 100%).


Candice Swanepoel - Diana

Lindsy Fonseca - Alexandra


Tyler Hoechlin - Diogo


Emma Degerstedt - Maria João


Nicola Peltz - Teresa


Greer Grammer - Ana


Haley Joel Osment - Ricardo


Aimee Teegarden - Sara


Heather Locklear - mãe da Diana


Jane Levy - Bea




Alex Pettyfer - João


Deste modo, deixo-vos o link para a história (ps: ainda não está completa)
http://www.wattpad.com/53955660-fragilidades-do-cora%C3%A7%C3%A3o

domingo, 9 de novembro de 2014

Escrita: talento ou dedicação

Tenho saudades de escrever. Textos profundos e histórias. Daquelas que tocam no coração. As personagens podem ser sempre as mesmas, mas têm aventuras diferentes.

Elas são reais e ao mesmo tempo não o são...


http://youmakeworthit.blogspot.pt/
http://welcometomyworlddude.blogspot.pt/search/label/Hist%C3%B3ria
http://www.wattpad.com/story/17583443-fragilidades-do-cora%C3%A7%C3%A3o
http://www.wattpad.com/story/17582821-uma-vida-des-complicada



Gostaria que lessem o que tenho e participem na(s) história(s). Assim, iremos criá-la juntos :)

sábado, 8 de novembro de 2014

Os meus desenhos pelos menos eram assim

Por que é que todas as crianças têm a estranha mania de sempre que desenham uma casa também desenham uma árvore ao lado ?



sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Glass


"Fool you made the girl fall in love
you said those beautiful things
she thought you spoke things you mean

Caress her skin like it's glass
she hears your voice making plans
and she puts her face in your hands

You don't wanna see somebody beg
as you feel her heart surrender
you begin to fall
How do you say that something's true
when it never even started
at least not for you

You breathe her air and you leave
you keep your mind on yourself
and lie the glass on the shelf
After the heavenly speech
your body throws holy heat
the angels sing when our eyes meet

It wasn't a lie but it wasn't true
I just wanted to make you feel good
just wanted you near
I wasn't prepared I wasn't thinking of you
that you could actually love me
it never should have started

She's dreaming back on the past
every opinion agreed
doesn't know what to believe

It must have been for a cause
our lives have so many doors
don't think about him anymore

But it was the kiss, it took me away
it's like he knew that I am fragile
she said he handled me like glass
and it hurts but it's what I deserve
because I should have been more careful
with the others that I handled
she said I should have been more
I should have been more
and knowing this I know
that he'll get his
but I don't want the man to suffer
cause deep down I know that he's glass too
but it really doesn't matter
until it's happening to you
everybody breaks
everybody breaks
sometimes"





Digam lá se a música não é simplesmente perfeita.

Oh Gavin, és dos poucos homens que me compreende...


quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Não vou negar, mas não me importava nada

Isto é tão a minha cara! hehe



Isto fez-me lembrar um jogo que eu jogava quando era mais nova em que no fim via-se o tio Patinhas a saltar para o sítio onde ele guarda o dinheiro.


Estou mesmo no curso certo...Não se preocupem, eu gosto tanto de dinheiro que não o consigo gastar. Sou muito poupada, apesar de também cometer os meus erritos, mas ninguém precisa de saber disso hehe.



(amanhã tenho frequência a economia, espero que me corra bem ^-^)

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Que desilusão!!!

Como é que um rapaz que namora há 4 anos se atira à descarada a outra. Melhor, continua em contacto com a outra. Ilude-a, faz com que pareça que a namorada nem existe e depois de um momento para o outro, afasta-se.

Passados 2 meses reaparece como se não tivesse acontecido nada. Continua o que estava a fazer. Até que, a rapariga acorda do bonito sonho (quando se procura nunca se encontra, até que o acaso faz com que descubra o que tinha medo de descobrir) e descobre o grande palhaço que ele é.

Quando um rapaz namora orgulha-se da namorada, não é só andar a pôr textinhos e comentários fofos para ela no fb e nas costas andar a seduzir outra.
 Pelo menos avisavas logo que vinham com bagagem e podias ter a certeza, tinhas ganho uma ótima amiga.

Agora nem isso quero ser. Só quero distância.
Vou em busca da minha felicidade.

Nem sequer ponho etiqueta neste texto para não te enterrar mais do que já te enterraste a ti próprio...

Parabéns, a sério!


“It’s not selfish to love yourself, take care of yourself, and to make your happiness a priority. It’s necessary.”

Cada vez mais me acho uma lutadora. Podem achar que, neste momento, estou a ser convencida, mas não.
Muita gente não aguentaria metade das coisas que eu estou a passar.

Fiquei a estudar numa faculdade longe de casa, numa cidade que praticamente não conhecia. Quando aqui cheguei tinha apenas 17 anos.

Viver sozinha, ter que ser eu a cozinhar para mim mesma, tratar da casa e das contas. Tive que me desenrascar,

Depois havia as praxes. Levei muito sermão nelas. Especialmente durante as 2 primeiras semanas. Muito graças ao choque que senti. Uma coisa é andarmos na faculdade e chegar a casa e ter a nossa família à nossa espera com o comer feito. Outra é chegar a casa e sentir-se só. Não é que eu viva sozinha. muito pelo contrário, mas normalmente só vejo as que moram comigo 1 vez por dia, aliás houve dias em que não as vi uma única vez-

Havia dias que só me apetecia ficar na cama o dia todo, muito graças ao cansaço, mas tinha que me levantar para ir para as aulas.

Agora já me habituei, mas não vou negar, no início ainda me custou um pouco.



terça-feira, 4 de novembro de 2014

Eu ando a ficar doida, só pode hehe

"Já fui praxado há 4 anos atrás...e gostei tanto que continuo por lá como doutor ;)"

- Então tás à espera do quê para me praxares. Tipo em privado... Eu sou caloira então é aproveitar enquanto podes. Para o ano ja não dá xd (andámos em sítios diferentes xd)
(o que vocês queriam ver sei eu)


Não, não se preocupem. Não respondi isto. Mudei um pouco o rumo da conversa.

Ele merecia era que lhe mandasse um boca, mas pronto. Não quero confusões nem chatices.


Mas nós nunca seremos assim...


(recebo mensagens tão, mas tão inspiradoras...)

Não se habituem... raramente faço destes posts

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Interesses



Your Loss I'm Found





How can I be your lover?
Stars ain't made to shine under clouds
Stop turning me down
One day when you discover,
How bright I try to love you now
I won't be around
It's too late
Your loss I'm found





Eu não vou brilhar atrás de uma nuvem negra. Pára de aparecer. Não temos nada um com o outro, porque é que voltaste passado este tempo.

Nunca tenho sossego...


ps: atualizei as etiquetas do meu blog. assim acompanham melhor as minhas histórias hehe. Vejam se descobrem as novas ;)

domingo, 2 de novembro de 2014

Perguntas e respostas

Bem, hoje é o dia em que irei regressar à cidade onde estou a viver.
E graças ao facto da minha pouca inspiração que tenho tido nos últimos tempos e à falta de tempo que tenho para me dedicar ao blog (testes :p), decidi que estava na hora de fazer um post de perguntas e respostas.


Basicamente vocês fazem as perguntas e eu respondo. Pode ser sobre qualquer coisa, sejam criativos.


Vamos, logo espero ter muitas perguntas para responder (sempre me fazem um pouco de companhia)...

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

You are like a ghost

Porque é que me abandonaste quando mais precisei de ti e porque é que me apareces quando já nao preciso.
Quando estava tudo a correr tão bem, tinhas que voltar?
Mas se desta vez decidires ficar durante mais tempo, fica sabendo...de ti só quero amizadee já estou a ser simpática.

domingo, 26 de outubro de 2014

Sou linda e especial... depois descobres o resto

Toda a gente quer que eu te conheça, mas és tu que queres conhecer melhor.
Por isso depois não digas que não sou fofa.


Foi contigo que descobri que conseguia dançar de uma maneira que nunca achei possível (logo eu, que sou um completo pé de chumbo xd).


És inteligente, divertido, atencioso, simpático...


Os teus amigos parece que já nos querem marcar o casamento.


E eu digo-lhes sempre: "Mal o conheço xd". E eles depois vão chamar-te do género: ah é isso que queres hehe...



O curso inteiro já está a par do que está a acontecer entre nós, tanto que na quinta chatearam-me a cabeça para que fosse dormir a tua casa (o que não aconteceu, tinha aulas 3 horas depois hehe).


E pronto, nos próximos 2 dias vamos estar muito tempo juntos, vamos ver se isto evolui...




sábado, 25 de outubro de 2014

Que rico serviço!

Os 2 melhores amigos dele querem-nos juntar (fora os outros).


Dizem que ele está interessado em mim e estão-me sempre a mandar ir ter com ele e isso.
Mas ele é um pouco tímido nestas coisas, mas quando está bêbado solta-se mais. Mesmo assim, se me vir (enquanto está neste "belo" estado) mete-se comigo e conversa comigo e isso tudo... mas depois vai tentar dançar com quem lhe aparecer à frente, mesmo estando a cair em pé.



E pronto, claro que eu não gosto nada quando ele faz cenas destas. Mas quando ele está sóbrio fico nervosa só de pensar que estou a falar com ele


E é tudo, por agora hehe

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Já tenho padrinho HEEEEEEEYYYYYYY

Eu estava cheia de medo para nada.

Custou ir ter com ele, mas depois ocorreu tudo normalmente.

E ele aceitou logo e disse que gostou muito.


Mas como tinha feito a carta atrás do emblema do benfica que imprimi para lhe oferecer, ele na praxe obrigou-me a dar um beijo no emblema do benfica que tinha na sua capa (pois ele é do Benfica e eu sou do Porto).

O que importa é que já está feito.

domingo, 19 de outubro de 2014

Tenho um problema

Eu sei que se tivesse ficado perto de casa teria outros luxos, mas não iria aprender metade das coisas que já aprendi.Estou a morar numa cidade que mal conheço sozinha.

Nunca sei como é que será o dia de amanhã e as coisas lá acontecem a 1000 a hora.

Por mais que tente nunca terei o tempo que eu quereria para manter-vos 100% atualizados.


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Pedido ao padrinho

Como devem saber, todos os caloiros que queiram ser praxados precisam de um padrinho ou madrinha.

Desde o início que soube a quem é que haveria de pedir. Nós temos um feitio semelhante (pois temos ambos personalidades fortes e gostámos das coisas à nossa maneira) o que faz com haja muitas chatices entre nós.

Mas por outro lado, sabemos que podemos contar e preocupámo-nos um com o outro.


O problema é que tenho que fazzer um pedido super especial. E...não me lembro de nada xd

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Que friiiiioooooooo!!!

Omd, se há coisa que não gosto muito do sítio onde fiquei a estudar na faculdade é o facto de aqui ser frio como tudo.


E eu, que tenho a mania de não gostar de andar muito agasalhada, olhem, depois acontece é que apanho uma constipação que nunca mais acaba.


O que vale é que a praxe de hoje de manhã ficou cancelada e pude voltar para baixo dos cobertores.
São estas pequeninas coisas que me fazem tão feliz


terça-feira, 14 de outubro de 2014

NNNÃÃÃOOOOOOOOOOOO

Hoje não quero ir para a universidade, hoje não quero ir para a universidade.
Quero ficar bem quentinha na minha caminha a dormir o dia todo.


Mas não posso, tenho de ir para a universidade.
Estúpido trabalho de HEES

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Tenho receio do dia de hoje

Há uns tempos atrás fui com os do meu curso a uma discoteca pois iria lá haver uma espécie de concurso/competição com outros cursos.

Aquilo foi muito giro e isso tudo.


A questão é que eu dancei tipo, muito (ok, demasiado) arragadinha com um do 2º ano do meu curso. Acabei por ir com ele e mais umas pessoas para casa.


Bem, quando eu ia para casa, ele chamou-me e disse que só me deixaria ir para casa depois de deixarmos os outros caloiros em casa.
Agarrou na minha mão e ficámos abraçados encostados a um poste.
E...ele tentou-me beijar. Mas eu não deixei e disse-lhe mesmo: não te beijo pois estás podre de bêbado (sim, ele bêbado e eu cansada como tudo: já estava acordada há 24h).

Bem, o problema é que os outros foram indo caminhando, mas voltaram para trás, pois sentiram a nossa falta. Então, meteram-se atrás do prédio ao lado do meu a ver tudo (sim, conseguiram ver o momento quase todo). E houve alguém, que não me querem dizer quem foi, mas esse alguém tirou uma foto a nós 2 abraçados. Mas, pelos vistos, na foto parece que nos estamos a beijar (sim, não me dizem quem tirou a foto e estão a fazer um filme para ma mostrarem).

Concluindo, os meus doutores sabem quase todos o que aconteceu (pensam que nos beijaram, graças à foto) e estão-me sempre a perguntar para contar o que realmente aconteceu.

E caso esse do 2º ano vá hoje à praxe, já sei que estou feita... prepara-te para andares a correr/dançar/declarar/ e mais coisas que eu prefiro nem pensar...

sábado, 11 de outubro de 2014

Que correria

Hoje tenho um trabalho de HEES para fazer e a minha festa 


Para melhorar o dia, não me posso esquecer de tomar os comprimidos (para a garganta).


Isto de vir para a minha terra de origem não é fácil. Amanhã vou já preparar tudo para regressar aos estudos.

(e ainda tenho tanto que fazer...)

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Finalmente 18 HHHHHHHEEEEEEEEEEEYYYYYYY


Sim, hoje é o meu dia. Sou maior de idade.

Ainda nem acredito. Acho que é aquele dia que toda os adolescentes querem que chegue.


Cuidado. Adulta a passar hehe




Agora é altura de passá-lo com as pessoas de que mais gosto :)


quinta-feira, 9 de outubro de 2014

E é isto

Aquele momento em que amanhã é o teu dia de anos e não sabes o que gostarias de ter como prendas...

A minha vida é triste xd



Mas qualquer coisa do Oscar Wilde ou da Christina Aguilera é sempre bem vinda hehe.  Ou mais uma biografia do Mozart (sim, eu gosto deste tipo de prendas). Acho que ainda não é desta que os meus pais me irão dar a trilogia do meu filme de animação preferido de sempre (não julguem, mas a fita já está demasiado gasta).


E não, como sou diferente não quero nem pensem dar-me a carta de condução. Prefiro que me paguem uma viagem onde vocês já sabem hehe (simplesmente estou a pensar tirar a carta no Verão, é só por isso)


Já agora, sou a única a não gostar muito da coleção de inverno deste ano?! Ou simplesmente não gosto da maneira de como a expõem nos sites.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Say you'll always try to be my helping hand

Sinto um arrepio cada vez que me tocas. Mesmo que seja sem querer.

E aquele momento em que nos tocamos e ficámos feitos parvos a olhar um para o outro sem dizer nada durante uma eternidade.


Já não me sinto segura sem ti, tanto que parece que os meus olhos ganharam o gosto de vaguear livremente à procura da tua pessoa.



Mas o medo que eu tenho em sofrer graças ti, faz com que sofra por ti.



domingo, 5 de outubro de 2014

Sério

Não, eu não sou uma mentirosa
Só não sabia como te dizer a verdade
Nós só precisamos de tempo

Quando você se apaixona
Não dá pra não se fazer de bobo

Não tenho uma bebida em minhas mãos
Para derramá-la em meus problemas
Falando sobre você para esses desconhecidos
Está ficando sério demais

Agora me pergunto
Se eles perceberam que chorei a noite toda

Você estava em meu pensamento o dia todo
Me escute, me ouça, querido






Fiz asneiras e chamaram-te para que resolvêssemos os nossos problemas.
Ficou tudo resolvido entre nós, mas comigo e entre eles não.

Esta música resume o que senti naquele dia. Já se passou mais do que uma semana, mas, para mim, foi o dia que mais me custou estar na praxe.

A única coisa positiva nesse dia foi o facto de termos feito, finalmente, as pazes. E nunca mais (pelo menos até agora) nos voltamos a chatear.







sábado, 4 de outubro de 2014

hehe, ok.

Bem, como sou da cidade e estou numa faculdade do interior, eles gostam de se meter comigo.

Basta dizer de onde sou que ficam admirados. Depois como tenho uma forte personalidade fico logo marcada nas memórias dos meus doutores.


Sim, gosto de responder (é feitio e raramente respondo torto).

Mas eles também não me largam (alguns mais do que outros).



Depois na discoteca como um do 2 ano não me largava, começaram logo a fazer filmes e no dia seguinte na praxe obrigaram-me a andar atrás dele a disser-lhe coisas e isso.

Mas também são estas coisas da praxe que têm piada.





Só há uma coisa que me mete confusão: é que os doutores adoram perguntar-nos quem é que achámos bonito e quem gostaríamos de comer (falando um pouco calão xd).
 Eles acham estranho é eu dizer que não acho nenhum assim nada de especial (também achavam mesmo que iria responder a tais questões de forma honesta hehe).



Como eles dizem: sou da cidade e tenho a puta da mania (e mais nada ahaha).

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Voltei, again

Estou de volta à minha terra (até parece que ela é muito pequena :p).

Fim de semana com a família e a descansar, sem praxes e aulas.


Bem, agora resta-me pensar no meu aniversário.

Já vou fazer 18 hehe


E falta menos de 1 semana.


Estou muito ansiosa.




Sim, mais uma vez, aconteceram muitas coisas durante esta semana na universidade...

domingo, 28 de setembro de 2014

Sou como sou

Podes dizer que sou refilona, mas és igual.
Podes dizer que sou teimosa, mas tu ainda és pior.
Podes dizer que sou burra, mas entrei com uma média (muito) superior à tua.


Finalmente começaste a perceber-me...quando eu já te tinha tirado a pinta toda logo quando nos conhecemos.


Os teus amigos adoram-me, por causa da minha personalidade, que é aquilo que mais te enerva xd.

Finalmente começámos a entender-mo-nos...ajudas-te-me e agora já conseguimos brincar um com o outro, sem nos insultarmos mutuamente.



E espero que seja assim que continuemos...